Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Kiss and Makeup

Mãezinhas kamikazes ou de como deveria haver curso para conduzir carrinhos de bebé...

Se há coisa que me irrita solenemente são mãezinhas a conduzir carrinhos de bebé por esses centros comerciais fora! Quem diz centros comerciais, diz hipermercados e outras superfícies de grande área e de grande afluência.

 

É que devem todas pensar que têm um grande sinal luminoso agarrado ao carrinho e que lhes dá prioridade em tudo quanto é percurso, eu já dei por mim muitos vezes a fazer desvios verdadeiramente acrobáticos para não embater num destes carrinhos-kamikaze (e atenção que eu sou uma pessoa bem desastrada!). Estão a ver bem, o quão mal isto pode correr para os vossos bebézinhos que vão descansadinhos (Mentira! Alguns vão aos berros o caminho todo, esses também deviam ficar em casa) a dormir? É que, minhas amigas, se a minha descoordenação motora se me dá para tropeçar naquelas rodinhas dos carrinhos-kamikaze, um dias destes o vosso querido rebento vai ficar passado a ferro (atenção estou em dieta, é para o meu bem e para o bem dos vossos filhos!). Temo pelo dia em que inventarão buzinas para os carrinhos, é vê-las com as hormonas todas descompensadas (a menos que sejam a Kate, essa não tem cá disso que a Rainha não permite) a buzinar que nem umas loucas para abrir caminho até ao corredor dos frescos ou dentro da Zara Kids!

 

Outra questão ainda mais grave e que dá bastante ênfase à palavra kamikaze na definição de carrinhos-kamikaze é a questão das passadeiras. Neste aspecto os carrinhos-kamikaze são mais ou menos como os ciclistas, ou seja, pensam que têm prioridade para tudo mas não pensam é que se houver um embate eu vou protegida por muitos kg de chapa e eles pagam com o corpinho. Assim estão as mãezinhas, também elas kamikaze, que lançam os seus carrinhos-kamikaze às passadeiras como se toda a gente conseguisse a parar instantâneamente, parecem é esquecer-se que a primeira coisa que lançam à passadeira é o dito carrinho, que vai à frente delas, estão a ver onde é que os automóveis vão embater em caso de acidente? Pois.

 

Posto isto e a menos que tenham um carrinho destes, façam-me o favor de evitar enfiarem-se ao fim-de-semana no Colombo e atropelarem toda a gente, é que com a idade o meu equilíbrio já não é dos melhores e qualquer dia metem-me em trabalhos. Agradecida.