Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Kiss and Makeup

No tempo do Salazar é que era?

Confesso que faz um pouco de confusão ouvir as pessoas dizerem que no tempo do Salazar é que era bom! Que no tempo do Salazar não havia crise...e a minha preferida: no tempo do Salazar não havia maricas!

Gosto especialmente de ouvir isto da boca de malta que não viveu o 25 de Abril (90's kids esta é para vocês!) ou de malta que só porque era nascida em '75 acha que viveu a sério o 25 de Abril ( quarentões esta é para vocês!)

 

Não sou especialmente fã de Nuno Markl mas este fantástico esquema merece a partilha...explica muito resumidamente como era na época do Salazar.

FB_IMG_1461684987064.jpg

 Meus caros espero por tudo que nunca mais sejamos sujeitos a tal coisa, que nunca mais haja uma ditadura em vigor em Portugal e de preferência no Mundo (#sonharacordada).

Se Portugal anda atrasado em termos de cultura e educação, podem agradecer em parte a Salazar!

 

Florence and the machine - Meo Arena 2016

Miss Florência veio cá e arrasou um Meo Arena que merecia estar esgotado!

Umas da perfomances ao vivo mais poderosas que já vi. Eléctrica e contagiante, Florence saltou, correu e voou de uma ponta à outra do palco durante quase 2h.

Podem-me vir cá dizer que o registo é sempre igual e que aquilo ao final da terceira música é mais do mesmo, mas quando é bom toda a gente quer mais certo? E Florence é muita boa e a acompanha-la tem uma banda mangnífica quase orquestral!

 

Screen Shot 2016-04-20 at 21.25.09.png

 

Créditos e mais fotos aqui 

 

 

 

Kennedy Center Honors -> Paul McCartney

Estas cerimónias do Kennedy Center são sempre legendárias e esta a Sir Paul McCartney só peca por tardia.

É das melhores que já vi, é notório que Norah Jones foi fraquinha e que Steven Tyler roubou a cena a quem por lá actuou. 

Pontos extras para o Let it be de James Taylor e Mavis Staples e para a versão final de Hey Jude que é das minhas músicas preferidas de sempre dos Beatles.

 

 

Repost no Dia Mundial do Beijo

Homens vs. Mulheres - Reacção ao primeiro beijo

 

 

Não é que eu pense que os homens não dão tanto valor, mas que se expressam com muito menos intensidade do que as mulheres, lá isso expressam!
A grande diferença é que as mulheres têm aquela necessidade de esmiuçar todos os pormenores e rever mil vezes a cena, até que eventualmente vão descobrir um qualquer defeito e começar toda uma paranóia sem sentido. É típico das mulheres. Pelo menos da maioria.
Há uns anos ouvi uma palavra nova (neologismo?) que é descompelicómetro e acho que todas devíamos ter um para ligar em caso de começarmos a pensar demais.
Descomplicar é a palavra-chave, às vezes um beijo é só um beijo, outra vez até é algo mais, mas isso confirmar-se-á com o tempo, não com revisões exaustivas com as amigas. ;)
(Vénia para FRIENDS, uma das melhores séries de sempre)

 

Eu também tenho sardas

e não fiquei nada ofendida por este anúncio! 

 

Parece que dois terços da internet (os 2/3 que têm sardas) anda melindrada por causa deste anúncio. Alegam eles que isto é um ultraje, uma diminuição das pessoas com sardas, uma verdadeira ofensa chamarem imperfeitas às pessoas com sardas.

Pois a mim o que não me faltam são sardas e não fiquei nada ofendida. Muitas vezes detesto sardas, especialmente quando estou a fazer uma maquilhagem mais sofisticada e só tenho duas hipóteses: ou não meto base e vou au naturel ali com as sardas todas a saltar, ou aplico 10 camadas para esconder de vez as sardas e nunca ninguém vai saber que eu as tenho! 

De Verão até gosto das sardas, dão assim um ar saudável a este meu tom de lula que insite em permanecer mesmo durante o Verão. Aliás as sardas são mesmo o único indício de que apanhei sol porque a cor, essa continua branco cal #zeromelanina

1460445770-match-com-imperfections-freckles-ad.jpg

 

O cartaz da polémica!

 

(ok, vá, eu também não tenho esta quantidade de sardas!) 

 

 

 

O artigo da Cosmopolitan Uk sobre o tema.