Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Kiss and Makeup

BBC Vida Selvagem ou uma incursão pelo Urban num sábado à noite

Ora digamos que era uma noite comemorativa de um aniversário de 30 anos e onde é que se decide ir? Ao espaço nocturno com mais pessoas menores de 20 em Lisboa, o Urban! (O ser humano é estranho e isto é uma daquelas atitudes sado-masoquistas...)
No fundo ir para o Urban foi a princípio uma ideia engraçada vá, que se tornou muito útil para perceber o quanto podemos evoluir em 10 anos (no meu caso menos, mas incluo-me neste grupo porque é a faixa etária dos meus amigos).


Deixo-vos com pequenas considerações sobre a noite:

- O dress code parece exigir um mínimo de 70% de pele à vista, não cumpria o dresscode nem sei como entrei;

-Toda a gente tem uma cunha para entrar no Urban, conhece o porteiro, o barman, o dono, o RP;

-Quanto aos RPs adoro o ar de importantes com que estão à porta estilo polícia ou inquisição a julgarem ter o controlo sobre a vida daqueles pequenos seres que se encontram em fila à porta! Aqui convém dizer que eu não espero em filas à porta de discotecas, se aquela está cheia arranco para outra que o que não faltam é discotecas em Lisboa, graças a Deus!

- O público oscila muito entre os under18 que às 03h da manhã estão a vomitar na casa de banho e às 03.30h a apanhar um táxi para casa (dado que eu só entrei às 03 já pouco contacto tive com este grupo) e os rapazes (homens?) bombados daqueles que parece que foram à máquina de pressão encher e que se lá formos com uma agulha aquilo vai-se tudo;

- Ah esqueci-me que depois também há os Maneís, Zé Marias, Bernardos, Gonçalos e Martins (ainda sem pêlos faciais!) com a sua camisa branca Ralph Lauren ou Tommy a tentar embebedar as Chicas, as Madalenas, as Matildes, as Carminhos e as Tecas;

- Eu não percebo nadinha de DJ's mas desconfio que o lá estava ontem só tinha o Now98 e as playlists da Orbital Mix;

- Não, começarem a roçarem-se lentamente em mim não é uma boa técnica de engate, já agora agarrarem-me também não!

- Se fosse antigamente, na altura em que bebia uns copos, talvez não tivesse tantas considerações a fazer sobre a noite;

- Para a próxima regresso ao Lux que esse nunca desilude!

- Não compensa ser abstémia (4€ um sumo de laranja);

- Percebi que ainda consigo dançar praticamente até às 07h da manhã (e depois durmo até às 18h);

- Foi uma noite do caraças!



BBC Vida Selvagem ou uma incursão pelo Urban num sábado à noite

Ora digamos que era uma noite comemorativa de um aniversário de 30 anos e onde é que se decide ir? Ao espaço nocturno com mais pessoas menores de 20 em Lisboa, o Urban! (O ser humano é estranho e isto é uma daquelas atitudes sado-masoquistas...)
No fundo ir para o Urban foi a princípio uma ideia engraçada vá, que se tornou muito útil para perceber o quanto podemos evoluir em 10 anos (no meu caso menos, mas incluo-me neste grupo porque é a faixa etária dos meus amigos).


Deixo-vos com pequenas considerações sobre a noite:

- O dress code parece exigir um mínimo de 70% de pele à vista, não cumpria o dresscode nem sei como entrei;

-Toda a gente tem uma cunha para entrar no Urban, conhece o porteiro, o barman, o dono, o RP;

-Quanto aos RPs adoro o ar de importantes com que estão à porta estilo polícia ou inquisição a julgarem ter o controlo sobre a vida daqueles pequenos seres que se encontram em fila à porta! Aqui convém dizer que eu não espero em filas à porta de discotecas, se aquela está cheia arranco para outra que o que não faltam é discotecas em Lisboa, graças a Deus!

- O público oscila muito entre os under18 que às 03h da manhã estão a vomitar na casa de banho e às 03.30h a apanhar um táxi para casa (dado que eu só entrei às 03 já pouco contacto tive com este grupo) e os rapazes (homens?) bombados daqueles que parece que foram à máquina de pressão encher e que se lá formos com uma agulha aquilo vai-se tudo;

- Ah esqueci-me que depois também há os Maneís, Zé Marias, Bernardos, Gonçalos e Martins (ainda sem pêlos faciais!) com a sua camisa branca Ralph Lauren ou Tommy a tentar embebedar as Chicas, as Madalenas, as Matildes, as Carminhos e as Tecas;

- Eu não percebo nadinha de DJ's mas desconfio que o lá estava ontem só tinha o Now98 e as playlists da Orbital Mix;

- Não, começarem a roçarem-se lentamente em mim não é uma boa técnica de engate, já agora agarrarem-me também não!

- Se fosse antigamente, na altura em que bebia uns copos, talvez não tivesse tantas considerações a fazer sobre a noite;

- Para a próxima regresso ao Lux que esse nunca desilude!

- Não compensa ser abstémia (4€ um sumo de laranja);

- Percebi que ainda consigo dançar praticamente até às 07h da manhã (e depois durmo até às 18h);

- Foi uma noite do caraças!



BBC Vida Selvagem ou uma incursão pelo Urban num sábado à noite

Ora digamos que era uma noite comemorativa de um aniversário de 30 anos e onde é que se decide ir? Ao espaço nocturno com mais pessoas menores de 20 em Lisboa, o Urban! (O ser humano é estranho e isto é uma daquelas atitudes sado-masoquistas...)
No fundo ir para o Urban foi a princípio uma ideia engraçada vá, que se tornou muito útil para perceber o quanto podemos evoluir em 10 anos (no meu caso menos, mas incluo-me neste grupo porque é a faixa etária dos meus amigos).


Deixo-vos com pequenas considerações sobre a noite:

- O dress code parece exigir um mínimo de 70% de pele à vista, não cumpria o dresscode nem sei como entrei;

-Toda a gente tem uma cunha para entrar no Urban, conhece o porteiro, o barman, o dono, o RP;

-Quanto aos RPs adoro o ar de importantes com que estão à porta estilo polícia ou inquisição a julgarem ter o controlo sobre a vida daqueles pequenos seres que se encontram em fila à porta! Aqui convém dizer que eu não espero em filas à porta de discotecas, se aquela está cheia arranco para outra que o que não faltam é discotecas em Lisboa, graças a Deus!

- O público oscila muito entre os under18 que às 03h da manhã estão a vomitar na casa de banho e às 03.30h a apanhar um táxi para casa (dado que eu só entrei às 03 já pouco contacto tive com este grupo) e os rapazes (homens?) bombados daqueles que parece que foram à máquina de pressão encher e que se lá formos com uma agulha aquilo vai-se tudo;

- Ah esqueci-me que depois também há os Maneís, Zé Marias, Bernardos, Gonçalos e Martins (ainda sem pêlos faciais!) com a sua camisa branca Ralph Lauren ou Tommy a tentar embebedar as Chicas, as Madalenas, as Matildes, as Carminhos e as Tecas;

- Eu não percebo nadinha de DJ's mas desconfio que o lá estava ontem só tinha o Now98 e as playlists da Orbital Mix;

- Não, começarem a roçarem-se lentamente em mim não é uma boa técnica de engate, já agora agarrarem-me também não!

- Se fosse antigamente, na altura em que bebia uns copos, talvez não tivesse tantas considerações a fazer sobre a noite;

- Para a próxima regresso ao Lux que esse nunca desilude!

- Não compensa ser abstémia (4€ um sumo de laranja);

- Percebi que ainda consigo dançar praticamente até às 07h da manhã (e depois durmo até às 18h);

- Foi uma noite do caraças!